O voto entre os jovens: Economia, Meio Ambiente e Desigualdade Social serão pautas importantes

Atualizado: 5 de out.

Em parceria com a @exame, o Instituto IDEIA buscou analisar a percepção dos jovens sobre as eleições em 2022. De acordo com o levantamento de dados que ouviu 1.000 pessoas entre 16 e 24 anos, entre os dias 4 e 13 de abril, os jovens no Brasil estão cada vez mais dispostos a participar do processo eleitoral.

Nove em cada dez jovens que ainda não tiraram o título de eleitor, pretendem tirá-lo. Na prática, este desejo não pode se materializar a tempo devido à data limite para emissão do título, que se encerra no próximo dia 4 de maio. No entanto, a percepção dessa parcela da população acerca dos problemas atuais no país está cada vez maior.

Pautas como economia, meio ambiente e educação têm sido muito abordadas pela nova geração. Para 27% dos respondentes, a corrupção é o principal problema enfrentado no Brasil, seguido da educação (20%) e da crise econômica (15%). Além disso, o meio ambiente também é um tema relevante. Segundo 89% dos respondentes, a crise climática é considerada um problema grave para o futuro.

Isso reflete também na hora de escolher um candidato. Segundo 43% dos jovens respondentes, a ação “mais essencial no programa de um candidato” é combater a desigualdade social, enquanto 41% acreditam que é combater a corrupção.


Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por IDEIA (@institutodepesquisaideia)

Para ler a pesquisa completa, acesse o link: https://exame.com/brasil/jovens-eleicao-pesquisa/

Vídeo: @rayra